quarta-feira, janeiro 17, 2007

Apenas US$100

Os responsáveis pelo projeto que criará o laptop de US$ 100 estudam a possibilidade de vender o equipamento ao público. As vendas do aparelho, desenhado inicialmente para ser vendido a governos de nações emergentes, seriam uma maneira de cobrir os custos do projeto, já que o valor real de cada laptop alcança US$ 150.

O fundador e presidente do grupo Um Laptop por Criança, Nicholas Negroponte, disse que a comercialização dos computadores pessoais poderia ser realizada a partir de 2008, em um esquema em que cada comprador adquiriria um para si e outro para uma criança no mundo emergente.

Cinco milhões de laptops a baixo custo, denominados XO, serão distribuídos a nações em desenvolvimento a partir de meados deste ano, em um dos mais ambiciosos projetos educacionais de todos os tempos. O Brasil está entre os primeiros países a receber as máquinas, junto com Argentina, Uruguai, Nigéria, Líbia, Paquistão e Tailândia. Projeto é apoiado pela ONU

O software do XO foi desenhado para trabalhar especificamente em um contexto educacional. Ferramentas de conexão sem fio e de videoconferência vão fazer parte do pacote, permitindo que crianças em diferentes locais possam trabalhar em grupo.
O programa Um Laptop por Criança afirmou que tentará assegurar que os computadores sejam destinados a áreas com conexão à internet.

Um comentário:

Renata disse...

Também quero!!! Beijinhos!