segunda-feira, outubro 30, 2006

Urgência global

Um relatório preparado pelo ex-economista chefe do Banco Mundial, Nicholas Stern, sobre um cenário apocalíptico devido ao aquecimento global fez com que a Grã-Bretanha pedisse ações urgentes para o problema.

O estudo aponta que não combater o aquecimento global pode levar as temperaturas mundiais 5ºC acima da média no próximo século, causando conseqüências catastróficas, como enchentes, secas e mais de 200 milhões de desabrigados.

O autor aponta, entretanto, que se as ações corretivas forem tomadas agora, os benefícios podem superar os danos econômicos e humanos.

A Grã-Bretanha está forçando a criação de um esquema pós-protocolo de Quioto que incluiria os EUA, bem como grandes países em desenvolvimento, como a Índia e a China.

Um comentário:

Renata disse...

Esse assunto é muito sério, espero que realmente esteja sendo tratado com a importância que merece, afinal, é o futuro do planeta que está em questão. Beijinhos!